Oswaldo Montenegro sai em turnê com Renato Teixeira e lança gravação inédita de canção de 2006
17/11/2018 07:52 em Música

Mauro Ferreira

 

Em 2014, Oswaldo Montenegro lançou a música Pro Renato Teixeira, composta em homenagem ao artista paulista – como já explicita o título – e gravada com participação do próprio Renato.

Quatro anos depois, os dois cantores organizam turnê conjunta, A emoção de um encontro, que vai percorrer o Brasil ao longo de 2019.

Essa união pode soar estranha de início, mas musicalmente tem tudo a ver. Afinal, Oswaldo Montenegro e Renato Teixeira são essencialmente trovadores da música brasileira. Montenegro é espécie de menestrel, tendendo a evocar na obra autoral a canção medieval de tom barroco. Já Renato Teixeira é fino estilista da canção ruralista de tom folk e orgulhosamente caipira.

Simultaneamente com a turnê com Teixeira, Oswaldo Montenegro prepara outro show, O azul e o tempo, com o qual também cairá na estrada, rodando o Brasil ao longo de 2019. Para promover essa turnê paralela, o artista lança hoje, 16 de novembro, o single O azul e o tempo.

A gravação é inédita, mas a canção é de 2006, tendo sido lançada há 12 anos no álbum A partir de agora. Aliás, o subtítulo da canção O azul e o tempo nos créditos da gravação original era justamente A partir de agora.

Bonita canção que propaga a esperança em tempos descrentes e que, por isso mesmo, se ajusta aos tons dos dias de hoje ("Nada para se acreditar / Mas os santos rezam para o Brasil"), O azul e o tempo ressurge das cinzas com cores mais nítidas em gravação pautada pela delicadeza que faltou no registro original de 2006.

Artista subestimado pela mídia musical, Montenegro conserva público fiel pelo Brasil. Público que pouco ou nada liga para o fato de o cantor e compositor carioca viver reciclando o próprio cancioneiro, como faz com êxito no bom single lançado hoje com a participação de Alexandre Meu Rei.

Portal G1

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!