Crédito da imagem: capa do álbum Mano que zuera, de João Bosco

Eis a capa do primeiro CD de músicas inéditas de João Bosco em oito anos

Mauro Ferreira

Com capa que expõe João Bosco em três fotos sobrepostas de Flora Pimentel, o álbum Mano que zuera chega ao mercado fonográfico neste mês de outubro de 2017. Trata-se do primeiro disco de músicas inéditas do cantor, compositor e violonista mineiro em oito anos. O repertório inclui regravação de João do Pulo, parceria com Aldir Blanc lançada pelo próprio Bosco há 31 anos no álbum Cabeça de nego (1986). A nova abordagem de João do Pulo inclui citação de Clube da esquina nº 2 (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges, 1972), um dos clássicos do movimento pop mineiro capitaneado por Milton Nascimento e alavancado em 1972, ano em que Bosco debutou no mercado fonográfico.

Aldir Blanc também é o parceiro do inédito samba Duro na queda. Entre regravação da obra-prima Sinhá (música composta com Chico Buarque e lançada na voz do parceiro em 2011) e inéditas parcerias com Francisco Bosco (a música-título Mano que zuera, o já lançado singleOnde estiver, Fim), Bosco abre parceria com Arnaldo Antunes em Ultra leve. Nesta música, o cantor divide os vocais com a filha Júlia Bosco. Nenhum futuro, Pé-de-vento e Quanto Rios são outras músicas inéditas do disco, compostas por Bosco.

Eis, na disposição do álbum lançado com a distribuição da gravadora Som Livre, as 11 músicas de Mano que zuera:

1. Fim (João Bosco e Francisco Bosco, 2017)
2. Duro na queda (João Bosco e Aldir Blanc, 2017)
3. Mano que zuera (João Bosco e Francisco Bosco, 2017)
4. João do Paulo (João Bosco e Aldir Blanc, 1986) – com citação de Clube da esquina nº 2 (Milton Nascimento, Lô Borges e Márcio Borges, 1972)
5. Ultra leve (João Bosco e Arnaldo Antunes, 2017) – com participação de Julia Bosco
6. Onde estiver (João Bosco e Francisco Bosco, 2017)
7. Sinhá (João Bosco e Chico Buarque, 2011)
8. Pé-de-vento
9. Coisa nº 2 (Moacir Santos, 1963) – tema instrumental
10. Nenhum futuro
11. Quantos Rios

G1
http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/post/eis-capa-do-primeiro-cd-de-musicas-ineditas-de-joao-bosco-em-oito-anos.html

Outras Notícias

Adele faturou cerca de R$ 650 milhões com sua última turnê

Matheus Anderle Os números da última turnê mundial de Adele acabam de ser divulgados pela Remedy Touring LLP, empr...

Nucci lança em março álbum de músicas inéditas com voz de Zélia e piano de Adolfo

Mauro Ferreira Coincidentemente, no ano em que Zé Renato renovou o repertório autoral com o álbum de músicas inédi...

Marcos Valle produz e arranja seis das 12 músicas do disco em que Takai canta Jobim

Mauro Ferreira Marcos Valle está trabalhando nesse sábado de Carnaval, 10 de fevereiro de 2018. Longe da folia, o ...

Spice Girls posam juntas em meio a boatos de retorno e alimentam esperança de fãs

As integrantes do grupo Spice Girls, ícone pop dos anos 1990, apareceram juntas em uma foto no Instagram nesta sexta-...