Crédito da imagem: Maria Behânia (Aponte) em foto de divulgação.

Single 'Aponte' liga Bethânia a músicos contemporâneos como Catatau e Pupillo

Mauro Ferreira

Desde que gravou a árida composição Mortal loucura (José Miguel Wisnik com versos do poeta Gregório de Matos, 2005), em registro sublime feito para a trilha sonora da novela Velho Chico (TV Globo, 2016), Maria Bethânia vem ensaiando sutil movimento de aproximação com músicos de geração mais jovem e de toque mais contemporâneo.

Esse movimento é enfatizado pelo novo single da intérprete baiana, Aponte (Lan Lanh, Sambê e Nanda Costa), gravado para a abertura da minissérie Entre irmãs – em exibição pela TV Globo nesta primeira semana de janeiro de 2018 – com grandiosa produção orquestrada pelo mesmo Marcio Arantes que formatou o registro de Mortal loucura.

O universo árido do sertão brasileiro liga Aponte ao tema criado por Wisnik para trilha sonora de balé do Grupo Corpo. Aponte parece perseguir a natureza épica de Mortal loucura com arranjo suntuoso criado por Arantes e gravado com os toques da guitarra de Fernando Catatau, da percussão de Pupillo (baterista da banda Nação Zumbi) e do violão e da guitarra de Régis Damasceno.

Além de ter produzido o fonograma mixado por Gustavo Lenza, Marcio Arantes participa da gravação de Aponte como músico, tocando baixo, guitarra, guitarra sitara e percussões no arranjo que também inclui violinos, violas, cellos, trombones. A magnitude do arranjo valoriza a boa e sucinta melodia da música assinada por Lanh Lan com Sambê e Nanda Costa (atriz que interpreta uma das irmãs protagonistas da série). A letra versa sobre resiliência em sertão sedento de água e amor.

Formatado em nada menos do que seis estúdios (ocupados para as sessões de gravação, mixagem, masterização e para as edições adicionais feitas por Fernando Rischbieter), o single Aponte – já disponibilizado nas plataformas digitais pela gravadora Biscoito Fino – preserva o DNA da obra de Bethânia, mesmo que tenha os toques contemporâneos de músicos pouco ou nada identificados com o universo da MPB no qual a cantora está entronizada desde a década de 1960.

Nesse sentido, Aponte é gravação típica de Bethânia. O canto majestoso da intérprete paira acima de qualquer possível inovação de arranjo e produção, porque as mudanças na obra de Bethânia são sempre sutis, moldadas para que a voz árida e quente como o sertão permaneça sempre em primeiro plano. Eis a letra e a ficha técnica do single Aponte:

Letra:

Ê... A nuvem vai fazer chover

Lavar a terra maltratada

Sem teu amor, não sobra nada

A gota d'água pra viver

Tão seco assim não brota nada

És minha santa, és minha amada

Fui te encontrar pra me perder

Aponte que eu não enxergo quase nada

Nem assovio, nem um pio

Pode vir raio ou trovoada

Eu não arredo desse rio

Aponte onde dá o norte

Aponte onde leva o rio

Ficha técnica:

Composição: Lan Lanh, Sambê e Nanda Costa

Produção: Marcio Arantes

Guitarra: Fernando Catatau

Percussão: Pupilo

Violão e guitarra: Regis Damasceno

Baixo, guitarra, guitarra sitara, percussões e arranjo: Marcio Arantes

Violinos: Heitor Fujinami, Otávio Scoss, Ricardo Takahashi, Ana Paula Eloi, Djavan Caetano, Ingrid Comazzetto, Alex Braga Ximenes e Wellington Rebouças

Violas: Alexandre Zappelini e Eduardo Cordeiro

Cellos: Joel Silva e Camila

Trombones: Marim Alves, Eduardo Machado e Luiz Alberto da Cruz

Fonograma gravado por Alexandre Fontanetti, no estúdio Space Blue, por Marcio Arantes no estúdio Audiorama e por Edu Costa, no estúdio Biscoito Fino.

Mixado por Gustavo Lenza no estúdio La Nave

Masterizado por Felipe Tichauer no estúdio Red Traxx Mastering

Edições adicionais: Fernando Rischbieter, no estúdio Matraca Records

G1
https://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/post/single-aponte-liga-bethania-a-musicos-contemporaneos-como-catatau-e-pupillo.ghtml

Outras Notícias

Willie Nelson cancela shows nos EUA por problemas de saúde

Willie Nelson anunciou o cancelamento de uma série de shows nos EUA nesta terça-feira (9). O anúncio vem depois de um...

Lady Gaga, Gilberto Gil, Justin Timberlake, Iza: Veja 25 discos esperados para 2018

Mauro Ferreira Em um momento de retomada da indústria da música, 2018 deve ser um ano de ânimo para veteranos e ap...

Aos 70 anos, Joyce prepara disco dos 50 anos de carreira e amplia livro de 1997

Mauro Ferreira O ano de 2018 será especial para Joyce Moreno do ponto de vista musical. Além de completar 70 anos ...

Gravação de show em estádio carioca é prova da valentia do grupo Los Hermanos

Mauro Ferreira Os caras são valentes. Marcelo Camelo, Rodrigo Amarante, Bruno Medina e Rodrigo Barba planejam mais...